NOTÍCIA

Morto... Vivo...

Morto... Vivo...

Morto... Vivo...
Durante minha infância brincar de morto-vivo era algo muito divertido. Quando dizia “morto”, era pra baixar e “vivo”, pra subir. A alegria da criançada era contagiante! Mas trazendo isso para os dias atuais, ou melhor, trazendo para uma relação (casal ou poliamor), a palavra que menos cabe é “brincadeira”, pois é algo torturante e faz o outro, ou os outros, sucumbirem de dor. Essa indecisão de ficar ou sair não permite que ninguém se refaça. Atualmente o morto é o: “Acabou, ou vou seguir minha vida”! Isso quando não vem com: “Preciso seguir com tal pessoa”! Dessa forma o sentimento de devastação ainda é bem maior. Na brincadeira da infância alguém dizia “morto”, ou “vivo”, já nos adultos tem o coração e a mente dizendo com quem ficar; lembrando que muitas vezes vem com um deslumbramento que até cega. Em momento como esse surgem vários questionamentos e lembranças pela tal pessoa, mesmo quando não era tão bom. Se você na sua racionalidade percebe, como também as pessoas as quais você tem maior apresso dizem que é melhor você não voltar pra essa relação. Pense bem! A probabilidade de você viver feliz com outra pessoa pode ser bem maior. Então, ouvir um morto - ou seja, finish/the end/acabou - dói. Como dói! Porém, saiba que a possibilidade de você se refazer ainda é maior. Por isso, dê um tempo para você. Desengaveta aqueles sonhos e planos que estavam guardados a um bom tempo. Reveja seus amigos. Saia, mas não brinque de “amar”, de fato viva a vida conscientemente. Saiba que agora você está de fato viva, viva principalmente pra você, então, brinque, mas de viver a vida feliz e saudável!
 
 
Texto elaborado, pelo Psicólogo: Marcelo Cassimiro

UNIDADES

Conheça as nossa especialidades e desfrute do melhor atendimento da capital paraibana

MANAÍRA

(83) 3247-4820

TAMBAUZINHO

(83) 3576-7771

BANCÁRIOS

(83) 3235-6388

CENTRO

(83) 3222-7177

AGENDAMENTOS

Em breve agendamento de atendimentos através do site

FALE CONOSCO

Envie sua mensagem e em breve entraremos em contato

Entre em Contato